Sem segredo

 

 

 

Não é segredo para você que o concentrado é o item de maior participação no custo da atividade leiteira. O mercado de grãos e derivados é muito volátil, sendo influenciado por diversos fatores internos e externos, como a produção nacional, produção internacional, variação cambial, previsões climáticas, entre outros. Você conhece todos os riscos e oportunidades que esse mercado oferece? O que você tem feito para equilibrar os custos com esses insumos na sua propriedade?

A compra estratégica de insumos ou concentrado comercial é uma importante ferramenta que pode ser utilizada para equilibrar o custo do concentrado e, portanto, o custo de produção da atividade. Para entender a importância e a consequência que comprar na hora certa pode trazer para sua propriedade, foi feita uma análise (Gráfico 1) que mostra o perfil de comportamento do custo do milho e farelo de soja nos últimos 15 anos.

Gráfico 1 – Média mensal do custo (R$/Kg) do milho e farelo de soja nos últimos 15 anos

 

 

 

 

Fontes: Elaborado por Sebrae Educampo. Base de dados do CEPEA/Esalq-USP e EMBRAPA (médias mensais de 15 anos). Valores deflacionados pelo IGP-DI de março/2021.

 

No período analisado, o custo médio deflacionado foi de R$ 0,98/kg de milho e R$ 1,83/kg de farelo de soja. Ao comparar essas médias com os meses de melhores preços históricos (mês de julho, no caso do milho e mês de abril, no caso do farelo de soja) observam-se valores 9% mais baratos, o que pode gerar um montante expressivo ao final do ano. Vale lembrar que essa diferença também interfere no preço dos concentrados comerciais, que tendem a seguir essa sazonalidade.

Para tornar ainda mais claro os benefícios da adoção da compra estratégica, simulou-se o efeito nos indicadores de 86 fazendas participantes da Plataforma Educampo se elas fizessem uso dessa tática (Tabela 1). Para isso, os resultados foram simulados tendo como base os indicadores e custos de produção de 112 fazendas participantes da Plataforma Educampo que realizam compra estratégica, seja de insumos propriamente ditos ou de concentrado comercial.

Tabela 1 – Respostas de indicadores técnicos e econômicos frente às simulações de compra estratégica

 

 

 

Fonte: Sebrae Minas. 198 fazendas atendidas pela Plataforma Educampo. Dados de março/20 a fevereiro/21, corrigidos pelo IGP-DI de março/2021

 

 

Como pode ser observado, realizar compras estratégicas pode ser uma excelente alternativa. No entanto, há diversos fatores que devem ser ponderados na tomada de decisão, como, por exemplo, o fato de que pode ser necessário o investimento em estruturas para armazenagem dessas compras. Além disso, o fato de comprar todo o insumo a ser usado no ano exige o desembolso de um valor elevado de uma só vez, o que pode comprometer o capital de giro. Porém, existem linhas de créditos com juros que variam de 2,75 – 5,0% ao ano, como o Pronaf e o Pronamp, que possibilitam que essa prática seja economicamente viável.

Não tem segredo: lembre-se sempre de buscar estratégias que possibilitem o equilíbrio dos custos. Para isso, a realização do planejamento é essencial.